LaPlage

Ano

2013

Área

435m²

Categoria

Residencial

La Plage

A casa La Plage é uma morada de veraneio, mas seu uso se prolonga para todos os meses do ano. Fica situada no litoral gaúcho, em meio a uma reserva natural protegida e submetida ao severo clima subtropical, que vai de calorosos verões a ventoso invernos. É a tradução do estado de espírito dos moradores, para quem a imensidão do mar inspira e impera.  

A concepção projetual teve como diretrizes a praticidade do uso e a compacidade. O maior desafio foi privilegiar o contato visual com o mar, impossibilitado no nível térreo pelo conjunto de dunas que cercam o lote.

A inversão da distribiução, assim, pareceu lógica: no andar inferior estão as quatro suítes e o estar íntimo. No andar superior, um grande living integrado à ilha gourmet, cozinha, lavabo e os terraços com piscina. Com a área social completamente envidraçada em um nível mais alto foi proporcionado contato visual com a praia como uma vista indevassável.

Para tornar suave o acesso à área social elevada, o hall de entrada foi situado meio lance acima do jardim, distribuindo em meios lances as áreas íntima e social. Volumetricamente,  os planos horizontais são a linha mestra do projeto, buscando a percepção de leveza e tranquilidade das férias. 

O revestimento externo da casa fortalece a unidade visual orgânica: ora em grandes recortes de madeira, ora em persianas de PVC que imitam perfeitamente tal acabamento, o elemento natural protagoniza as boas-vindas aos visitantes. Como contraponto o andar superior é uma elegante caixa de vidro voltada para o mar. O concreto é o elemento estrutural e estético que, somado à rusticidade das paredes em pedra, compõe um conjunto de contrastante harmonia.

Internamente, a monocromia domina o ambiente: a laje em concreto aparente e o piso em porcelanato concretício são interrompidos somente pela bancada em corean laranja e por singelos tons suaves de azul praiano em elementos do mobiliário, além da própria reflexão da piscina no terraço.

O paisagismo singelo não bloqueia a vista panorâmica. Uma árvore de jasmim-manga se amiga à horta no terraço norte, atendendo o desejo de produtos frescos e caseiros.

Como complemento à praticidade, a automação contempla ar-condicionado, irrigação, iluminação e persianas internas e externas.

 

FICHA TÉCNICA

Localização: Xangri-lá/RS

Ano: 2013

Área Construída: 435,15m²

Área do Terreno: 471,31m²

Projeto Arquitetônico: Stemmer Rodrigues

Equipe: Ingrid Stemmer, Paulo Henrique Rodrigues, Roberto Stemmer, Luciana Medeiros, Renata Lui, Francine Azevedo

Fotos: Nattan Carvalho

Para tornar suave o acesso à área social elevada, o hall de entrada foi situado meio lance acima do jardim, distribuindo em meios lances as áreas íntima e social. Volumetricamente,  os planos horizontais são a linha mestra do projeto.

Para privilegiar o contato visual com o mar, impossibilitado no nível térreo pelas  dunas que cercam o lote, os pavimentos foram invertidos.

A organização espacial maximiza a ventilação: no verão os ventos marinhos são rebatidos pela fachada, ampliando o tempo de uso dos espaços sociais abertos. No inverno, a disposição privilegia o uso da varanda.