Catarina

Para garantir personalidade e tornar a casa – localizada no litoral sul de Santa Catarina – atemporal, a volumetria especial projetou a residência a 45 graus do terreno elevado, voltada para o norte.

Ano

2011

Área

967m²

Categoria

Residencial

O uso do concreto e do vidro na composição da residência estão em sintonia com o calor da pedra artesanal e da madeira.

CASA SANTA CATARINA

Localização: Araranguá/SC

Ano: 2011

Área Construída: 967m²

Área do Terreno: 1927m²

Projeto Arquitetônico: Stemmer Rodrigues

Equipe: Ingrid Stemmer, Paulo Henrique Rodrigues, Roberto Stemmer, Luciana Medeiros, Renata Lui, Francine Azevedo

Fotos: Nattan Carvalho

Santa Catarina

Para garantir personalidade e tornar a casa – localizada no litoral sul de Santa Catarina – atemporal, a volumetria especial projetou a residência a 45 graus do terreno elevado, voltada para o norte.

Para garantir personalidade e tornar a casa – localizada no litoral sul de Santa Catarina – atemporal, a volumetria especial projetou a residência a 45 graus do terreno elevado, voltada para o norte. A piscina merece destaque por sua amplitude e está à frente da morada de formato em ‘U’.

A fachada foi estruturada com um jogo de telhado e laje. Os proprietários solicitaram uma cobertura com linguagem contemporânea. Os telhados com pouca inclinação, telhas planas e, principalmente, com formas puras – sem quebras ou retalhos – salientaram a volumetria horizontal e moderna ambicionada. O enorme vão livre dos ou beirados conferiu leveza ao conjunto

O local convida os moradores a contemplar a paisagem. Assim, as áreas externas foram finalizadas com piso cimentício. Delas, partem as varandas gramadas, revestidas com pedras portuguesas. O uso do concreto e do vidro na composição da residência estão em sintonia com o calor da pedra artesanal e da madeira.

Organizados de acordo com o formato da residência, os jardins estão distribuídos entre os quatros espaços triangulares formados pela projeção. O projeto paisagístico é marcado pela grande quantidade de espécies de vegetação e destaca a floreira da sacada, que serve para integrá-lo aos recursos arquitetônicos. O mobiliário confortável é discreto, com tons neutros. No projeto de interiores, obras de arte se destacam.